Violência Doméstica com o Covid-19

OMS DIZ QUE CONFINAMENTO FEZ AUMENTAR CASOS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA NA EUROPA

O número de casos de violência doméstica durante o confinamento imposto pela pandemia de Covid-19 aumentou até 60%, alertou esta quinta-feira o departamento europeu da Organização Mundial de Saúde, manifestando “profunda preocupação”. 

O diretor para a região europeia, Hans Kluge, afirmou em conferência de imprensa virtual que em países como a Bélgica, Bulgária, França, Irlanda, Federação Russa, Espanha e Reino Unido aumentaram os casos de “violência interpessoal” entre parceiros íntimos e contra crianças.

Hans Kluge indicou que o número de chamadas de mulheres vítimas de violência doméstica teve aumentos até 60% nos países europeus e as denúncias ‘online’ aumentaram até cinco vezes durante o mês de abril por comparação com os números do mesmo período do ano passado.

Dirigindo-se aos governos, o responsável pela OMS Europa considerou que é sua “obrigação moral” alargar a cobertura e a disponibilidade dos serviços de vigilância e apoio às vítimas, com opções ‘online’ num contexto de “insegurança, separação e medo” imposto pelas medidas de confinamento doméstico para conter a expansão do novo coronavírus.

https://tvi24.iol.pt/internacional/coronavirus/covid-19-confinamento-fez-aumentar-casos-de-violencia-domestica-na-europa-diz-oms